A função do Método Xuan Kong Da Gua (Grande Portal)


325732-med

Com a evolução do Feng Shui, muitas suposições sobre os métodos avançados começaram a surgir no ocidente, deixando os estudantes cada vez mais espantados com a complexidade de uma ferramenta, que se em primeira instância era um capricho, agora se tornava pré-requisito: a Luo Pan.

Se as dinâmicas do Fei Xing Pai (Estrelas Voadoras) e BaZhai Pai (8 Mansões), utilizavam os três primeiros anéis da bússola chinesa (se vistos de dentro para fora), na Escola Da Gua compreende-se geralmente os três últimos, respectivamente a roda dos Hexagramas do Yi Jing, do Período referente à regência dos mesmos, e da Qualidade específica de cada uma das suas seis linhas (384 Yaos). O Xuan Kong Da Gua averigua as evoluções do Dao terrestre, sendo muito usado para se analisar espaços abertos ou grandes áreas, como fazendas, shopping centers, etc. Como essa escola lida com a ordem da terra, todas as interpretações, inclusive dos ciclos energéticos (períodos), são baseados num estudo totalmente diferente das técnicas voltadas somente às edificações.

Muitos consultores utilizam tabelas prontas baseadas em manuscritos antigos para realizar uma leitura simplesmente filosófica (Yi Li Yi Xue) dos Hexagramas localizados na Luo Pan, o que é um erro. Para se aprender as técnicas do Da Gua, é importante saber que a linguagem utilizada é matemática (Xian Shu Yi Xue) e baseada nos princípios do Na Jia (associação dos Trigramas com os Troncos Celestes) e Na Zi (associação das linhas com os Ramos Terrestres). Além disso, conhecimentos profundos do Yi Jing, como o Conceito de Família, Geração, Período e Palácio se relacionam com a numeração do Xian Tian Ba Gua (Seqüência do 1o Céu) e a localização dos Hexagramas na Luo Pan segundo a ordem: 1-Qian, 2-Dui, 3-Li, 4-Zhen, 5-Xun, 6-Kan, 7-Gen, 8-Kun.

Sem dúvida, compreender Xuan Kong Da Gua, mais do que tudo, é perceber os complexos códigos matemáticos que o chamado “genius locci” nos emite.

Por Marcos Murakami